Fale Conosco
Página Inicial
Galeria de Fotos
História da Cidade
Cronologia

Localização e Hidrografia

 
Brasil
24/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
3oy1vl6ynh_36xo4bsbcv_file.jpeg
O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza, 32, "ficou muito emocionado e chorou" ao saber da liminar assinada pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), garantindo a soltura dele.

A afirmação é do advogado do ex-goleiro, Lúcio Adolfo, na entrada da Apac (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado) onde Bruno está preso, desde 2015, na cidade de Santa Luzia (região metropolitana de Belo Horizonte). Bruno aguarda o alvará de soltura que deve chegar à unidade prisional por meio de um oficial de Justiça.

A decisão de Mello é da última terça (21), mas só foi divulgada pelo Supremo na manhã desta sexta-feira (24).

"Ele ficou muito emocionado e chorou quando soube da liminar. Agora está calmo e esperando a soltura", afirmou o advogado, ao UOL, na entrada da Apac. A estimativa de Adolfo é que o ex-goleiro seja liberado "nas próximas horas" –uma vez que a VEP (Vara de Execuções Penais) de Santa Luzia precisa ser notificada da decisão do STF para lavrar o alvará de soltura.

Bruno estava preso desde 2010. Ele foi condenado em 2013 a 22 anos e 3 meses de prisão, em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver contra a ex-amante, Eliza Samudio, além de sequestro e cárcere privado do filho que ele teve com Eliza. A decisão de Mello é da última terça (21), mas só foi divulgada pelo Supremo na manhã desta sexta-feira (24).

Na decisão, o ministro do STF advertiu que Bruno não pode se ausentar da localidade que definir como residência sem autorização do juízo. Também terá de atender "aos chamamentos judiciais" e "informar eventual transferência e adotar a postura que se aguarda do cidadão integrado à sociedade."

O advogado informou que o ex-goleiro ficará em Minas, mas, por questões de segurança, não especificou onde. Ele também informou que vai trabalhar para que o ex-goleiro tenha outro julgamento. Sobre isso, Adolfo argumentou que Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, foi condenado a uma pena de 12 anos pelo mesmo crime. O defensor avisou que defenderá a tese do princípio da isonomia para pedir o mesmo tempo de pena para o cliente.

Para o advogado, o fato de a acusação apontar que Bruno teria sido o mandante dos crimes --e Macarrão, o comparsa --não deverá interferir nessa linha de defesa pretendida. "Eles têm a mesma tipificação de acusação", resumiu.

Questionado sobre o que o ex-goleiro vai fazer quando sair a prisão, o advogado disse que ele tem propostas de times de futebol, além de "projetos pessoais", que ele não quis adiantar quais são. " Não me sinto habilitado a falar sobre isso", desconversou, sem revelar, também, quais times seriam os interessados.

Leia mais em UOL
426 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Bahia
24/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
201702240928.jpg
O que era pra ser um evento saudável para a juventude, se transformou em tragédia, com uma fatalidade, na noite desta quinta-feira (23) em Itapetinga.

A adolescente Vitória Mirelly, de 13 anos, morreu após levar um choque elétrico em um palco armado no Parque da Lagoa, durante a realização de um evento Fitness, evento de prática esportiva para a boa forma corporal.

Segundo informações, a jovem teria se refugiado em baixo do palco, por conta da chuva que caía no momento e acabou sofrendo uma descarga elétrica, que a levou a óbito. Não se sabe ainda o que teria provocado a descarga elétrica na jovem. Vitória ainda foi socorrida ao Hospital Cristo Redentor, mas, foi em vão. Todos os presentes no evento ficaram comovidos com a fatalidade. Ao saber da noticia, o prefeito Rodrigo Hagge, extremamente emocionado, adiou uma viagem que faria e rapidamente se deslocou para o hospital, onde prestou solidariedade a família. Ele colocou inteiramente a disposição no que fosse necessário.

Hagge lamentou o acidente e a morte da adolescente.

Itambé Agora/Itororó Já
581 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Bahia
23/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
201702231141.jpg
Noite de quarta-feira, 22, igreja cheia e repentinamente entra um homem ensanguentado gritando – Fui assaltado, fui baleado.

A congregação interrompe o culto, fecha a porta do templo e chama a polícia. Quando a guarnição da PM chega, a suposta vítima demonstra estar em choque. Entretanto, algo chama atenção dos militares: momentos antes, no bairro Sobradinho, a polícia foi acionada por populares que presenciaram a ação frustrado de um arrombador. Ele tentou furtar duas residências, mas, na terceira, após ter quebrado a janela de vidro, quando já estava com os produtos do furto do lado de fora, percebeu a aproximação da polícia, saiu como um desembestado, pulou muros e não foi localizado. Como o ladrão havia desaparecido misteriosamente, só poderia haver uma explicação. Para azar da suposta vítima, uma popular que presenciou a ação do ladrão, entrou na igreja e reconheceu aquele homem ensanguentado, em choque, que clamou por socorro, como o fujão. Mesmo percebendo que foi reconhecido, Ivaldo Ribeiro dos Santos, vulgo Nenem, fingiu-se estar em choque, mas não enganou os militares. Ele foi levado ao hospital para receber os primeiros socorros, pois, apresentava um ferimento provocado por pedaços de vidro colocados em um dos muros que ele pulou. Ainda no hospital, Nenem fez confusão tentando se passar por louco. Novamente, não teve jeito. Após ser medicado, o suspeito foi apresentado no Disep, onde foi autuado em flagrante.

Via Blitz Conquista
539 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Bahia
22/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
201702221146.jpg
Na noite da última segunda-feira (20), um homem identificado como Alessandro da Silva Porto, de 25 anos, morreu ao ser atropelado por uma locomotiva.

Segundo informações obtidas pela reportagem, o atropelamento aconteceu no município de Tanhaçu, em uma curva nas proximidades do Bairro Branquinha, onde uma locomotiva 3811 atropelou a vítima que morreu na hora.

Alessandro morava no Bairro Jurema em Tanhaçu.

Investigadores da Polícia Civil apuram os motivos do acidente. Hipótese de suicídio não foi descartada ainda.

O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Brumado, onde passou por necrópsia e foi liberado na manhã de ontem (21).
476 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Região
22/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
201702220906.jpg
O comerciante Levi Carvalho foi morto a tiros dentro de casa na Rua Turmalina, no Bairro Esmeralda, em Brumado, no início da noite desta terça-feira (21).

Familiares relataram ao site Brumado Notícias que um homem que estava em um veículo preto parado na rua aproveitou a chegada da esposa e da filha para invadir a residência.

O autor do crime teria gritado o nome da vítima e, quando a mesma apareceu, foi alvejada pelos disparos da arma de fogo. O atirador fugiu do local sem levar qualquer pertence.

A polícia foi acionada e tenta agora desvendar a motivação do crime.

Esse é o segundo homicídio registrado este ano em Brumado.

Via Brumado Notícias
540 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Brasil
21/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
201702211128.png
Um casal denunciou em redes sociais que após 20 dias do nascimento do filho, foi encontrado um "tampão" (um tecido utilizado para estancar sangramentos pós-parto) dentro da mãe. O ex-jogador de futebol Erivaldo Veloso contou ao G1 que após a mulher passar mal em casa, a levou ao Hospital Geral do Buenos Aires, onde detectaram o problema. “Ela estava sentindo muita dor e não conseguia urinar. Já tinham se passado 20 dias desde o nascimento do nosso filho e ela não melhorava. Levei ela ao Hospital do Buenos Aires e quando a ginecologista foi examinar, achou o tampão do tamanho de uma fralda dentro dela. Minha mulher chorou muito com a situação, foi humilhante”, contou. Por meio de nota, a maternidade afirmou apenas que o caso está sendo investigado. Assustada, a educadora física Thamara Macêdo contou que a ginecologista que a atendeu no Hospital do Buenos Aires explicou que é normal colocarem um tampão para estancar o sangramento, mas que ele deveria ter sido retirado no prazo máximo 24 horas depois do nascimento do filho.

“Foram 20 dias horríveis. Me sentindo mal, sentindo um mau cheiro em mim e não sabia o que era. Saí da maternidade (Evangelina Rosa) sem nenhum tipo de informação. Não me falaram do tampão, não me falaram quando devia voltar para retirar os pontos, nem marcaram o meu retorno após o resguardo. Apesar disso, achei que estava saudável. Meu medo era que eu tivesse pego uma infecção e só descobrisse quando não tivesse mais jeito”, relatou. Na publicação realizada no perfil pessoal do ex-jogador no Facebook, que já tem mais de 2,8 mil reações e 1.078 compartilhamentos, Erisvaldo relata o fato e demostra indignação com a Maternidade Dona Evangelina Rosa, local onde o filho nasceu. Segundo ele, o que houve foi uma negligência do local. “Estamos revoltados. Eu, minha esposa, nossa família, nossos amigos entendemos que o que houve foi uma irresponsabilidade, uma falta de atenção e cuidado com a paciente. E se tivesse acontecido o pior? A maternidade tem que assumir o erro e sofrer as consequências”, disse. Em nota a Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) informou que foi acionado o Núcleo de Segurança do Paciente e os profissionais que estiveram presentes no procedimento irão discutir o caso. Ressaltaram ainda que a Instituição trabalha com transparência e que ao final da avaliação informará o que de fato ocorreu.
1279 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Bahia
20/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
201702201142.jpg
Um crime ocorrido na noite deste domingo, 19, chocou a cidade de Condeúba, município do sudoeste da Bahia. Dois homens em uma motocicleta teriam efetuado pelo menos quatro disparos de arma de fogo contra o diretor de tributos do município.

A vítima, Roberto Alves Moreira, que havia completado 46 anos no último dia 11, estava em um restaurante na cidade (Caldo do Raimundinho), quando dois elementos chegaram e cometeram o crime. O SAMU 192 chegou a ser acionado, mas a base não deu início na operação uma vez que o óbito já havia sido constatado.

De acordo noticiou o site Folha Regional de Condeúba, a polícia diz já ter uma linha de investigação e suspeitos associados ao crime, mas não entrou em detalhes para não comprometer as investigações.

Roberto Alves era um homem discreto, reservado e dedicado à vida profissional, tendo na sua trajetória passagem pela vida política. Atualmente assumia a diretoria de Tributos do Município de Condeúba e era proprietário de um comércio de produtos veterinários.

O prefeito Silvan Baleeiro lamentou o ocorrido e se solidarizou com os familiares da vítima. Em nota decretou luto oficial de três dias.

Via Folha Regional de Condeúba
662 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Brasil
16/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
correio-98.jpg
Após 11 dias internado, Wesner Moreira, o jovem de 17 anos que foi internado com uma hemorragia no esôfago após ter tido uma mangueira de compresão de ar colocada no ânus no último dia 3, morreu na terça (14/2).

O caso, definido como 'brincadeira' entre colegas de trabalho, ocorreu no lava-jato onde a vítima trabalhava, na cidade de Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso. No hospital, o adolescente passou por duas cirurgias, em uma delas 20 cm do intestino grosso foram retirados.

A 'brincadeira' teria sido feita pelo dono do lava jato, Thiago Demarco Sena, de 20 anos e outro funcionário, Willian Henrique Larrea, de 30 anos. A versão contada por um adolescente ouvido pela polícia é a de que os três costumavam brincar deste modo costumeiramente. Antes de morrer, contudo, Wesner negou a versão e garantiu ter sido vítima de uma agressão.

Segundo informações da polícia, Thiago Sena e Willian Larrea serão acusados de lesão corporal dolosa seguida de morte. O advogado dos dois alegou que não vai se pronunciar. Ainda segundo o inquérito policial, não foi notória a conotação sexual neste caso, portanto ele não foi notificado como abuso. Com JC Online e TV Morena.

Via Destaque Bahia
1634 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Bahia
16/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
foto2-48.jpg
Um homem de 45 anos matou o próprio irmão, de 42, com um golpe de faca durante uma briga na casa onde eles moravam com a mãe, em Vitória da Conquista, cidade na região sudoeste da Bahia, na noite de quarta-feira (15).

Segundo informações da Delegacia de Homicídios do município, a mãe dos irmãos presenciou toda cena do crime. Ainda de acordo com a polícia, os homens estavam embriagados quando começaram a discussão. Antes de ser esfaqueada, a vítima jogou um tijolo na cabeça do irmão mais velho. Ele então foi até a cozinha pegar uma faca, e revidou com um golpe que matou o irmão.

Nenhum dos dois tinha passagem pela polícia.

O autor do crime ficou ferido e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Em seguida, ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) e apresentado na delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista, onde segue preso na manhã desta quinta-feira (16). O homem será ouvido pela polícia para esclarecer o motivo que deu início a briga entre os irmãos.

A mãe dos envolvidos também foi chamada para prestar depoimento na delegacia da cidade.
521 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

Malhada de Pedras
16/02/17
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
fotoembasa.jpg
O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), através do promotor Ruano Fernando da Silva Leite, instaurou Inquérito Civil Público a fim de apurar a qualidade da água distribuída pela Embasa na cidade de Brumado e Malhada de Pedras.

O órgão levou em consideração que a água fornecida em algumas localidades dos municípios, na última semana, apresentava odor impróprio.

A Embasa deve prestar esclarecimentos sobre os fatos em um prazo de 72 horas, bem como tem de apresentar laudos de avaliação da qualidade da água para consumo humano no município, dos últimos seis meses.

Com informações do Brumado Notícias
656 Visualizações
Comentários
COMENTÁRIOS

1 2 3 ... 59 60 61

Próxima Página

   
 
O Tempo em Malhada de Pedras

Pe. Ladislau Klener
Conheça a história do homem de fé, que viveu em prol dos necessitados.
 

Leobino Guimarães
Conheça a história da vida de um dos maiores nomes políticos do município
 
 
 
 
Fale conosco
Entre em contato conosco, ou anuncie em nosso site
 
 
 
 

Malhada On-Line - © Todos os Direitos Reservados
Site desenvolvido por: facebook.com/luanpattric
contato@malhadaonline.com
(77) 98831-7570